• (71) 98750-9547

  • contato@coneasyconsultoria.com.br

Como montar um plano de negócios?

Como montar um plano de negócios?

Independentemente do tamanho da sua empresa ou da sua área de atuação, uma coisa é certa: você precisa de um plano de negócios. Esse documento servirá como uma espécie de guia, permitindo que você estabeleça metas e trabalhe pelo crescimento da empresa.

Para os empreendedores que estão começando a jornada, muitas dúvidas podem surgir neste momento: como elaborar um plano de negócios e quais informações devem constar nele, por exemplo. Nesse artigo, apresentamos de maneira objetiva tudo que você precisa saber para montar o seu.

O que é e para que serve um plano de negócios?

Um plano de negócios nada mais é do que um documento no qual são descritos os objetivos de um negócio e quais são as estratégias que serão utilizadas pela empresa para alcançá-los. A ideia é que a partir de informações mais detalhadas, como pesquisas de mercado, as decisões possam ser tomadas de forma mais assertiva, minimizando as chances de erro.

Muitos empreendedores deixam de lado a elaboração deste documento, acreditando “vão se lembrar de tudo o que precisam”. Esse é um grande engano. O plano de negócios serve não apenas para consulta dos gestores, mas também para apresentações da empresa e para obtenção de investimentos.

Uma empresa sem um plano de negócios pode ser vista com desconfiança por investidores e pode até mesmo ter o crédito negado junto aos bancos. Assim, podemos dizer ainda que um plano de negócios permite:

1. Traçar estratégias mais efetivas: quando as metas e os objetivos são colocados no papel, todos os membros da equipe têm maior clareza sobre que que caminhos devem seguir na hora de tomar decisões – e cometem menos erros por conta disso.

2. Estabelecer metas e objetivos para as suas equipes: para que não haja o risco de a sua empresa desviar do foco, as metas e objetivos traçados auxiliam a companhia a perseguir ideais que realmente importam. O que for secundário pode ser deixado para outro momento.

3. Planejar o crescimento em médio e longo prazo: como você imagina a sua empresa daqui a seis meses ou daqui a dois anos? É o planejamento que define quais são os próximos passos. Ter um documento com essas informações organizadas auxilia os gestores a se programarem com antecedência.

4. Captar mais investimentos: já mencionamos aqui que sem um plano de negócios muitos investidores nem sequer irão olhar para as suas propostas. O documento auxilia ainda na busca por financiamentos e pode resultar em taxas mais baixas. Empresas organizadas apresentam menor risco.

5. Crescer: por fim, é difícil imaginar uma empresa crescendo sem que esteja estrutura sobre bases sólidas. O plano de negócio é essa fundação que dará sustentação aos projetos e investimentos da companhia, permitindo que ela cresça e atinja seus principais objetivos.

Como elaborar e implementar um plano de negócios eficiente?

Agora que você já compreendeu o quanto um plano de negócios é importante, chegou a hora de saber como elaborar e implementar esse documento na sua empresa. O ideal é que ele comece a ser produzido antes mesmo do negócio existir, mas se a sua empresa já está atuando você pode desenvolvê-lo da mesma maneira.

Business Model Canvas – Quadro de Modelo de Negócios

Uma das formas mais simples de iniciar o seu plano de negócios é utilizando o Business Model Canvas – ou Quadro de Modelo de Negócios. Trata-se de um modelo visual proposto pelo empreendedor suíço e escritor Alexander Osterwalder no início dos anos 2000.

A ideia é que em um quadro principal a empresa consiga responder a nove questões: parcerias chave, atividades chave, recursos chave, proposta de valor, relacionamento, canais, segmento de clientes, estrutura de custos e fontes de receita.